PAI Rico, PAI Pobre – Capítulo 1

Clique aqui e compare os preços deste livro 

Neste capítulo Robert Kiyosaki conta como foi ter dois pais, e é daí que vem o nome do livro.

O autor conta que devido ao fato de ter tido dois pais com pensamentos tão contrastantes, pode ouvir, analisar, e ver o real resultado do que cada um lhe dizia sobre o mundo das finanças.

No começo, ambos os pais estavam em um patamar próximo, mas alguns anos depois um deles havia se tornado o homem mais rico do Havaí enquanto o outro ainda fazia contas para pagar as dívidas no fim do mês.

Curiosamente o pai pobre de Robert Kiyosaki era o mais pobre e também o mais estudado. Seu pai biológico era professor com PhD e graduação, e sempre acreditou que o filho deveria estudar, tirar boas notas e conseguir um bom emprego.

Já o outro pai dele – depois veremos que era o pai de um amigo – que não tinha o segundo grau completo, se tornou o mais rico do estado e o aconselhava a estudar para adiquirir os conhecimentos que achasse necessário sobre algo, mas não para conseguir um título.

Ele teve a sorte de poder acompanhar a evolução – ou não – dos dois desde muito cedo e por muito tempo: dos 9 aos 39 anos. Com isso ele pode avaliar a utilidade/veracidade dos conselhos e fazer as melhores escolhas.

A principal diferença que ele notou que havia entre os dois era na forma de pensar, na forma de encarar as coisas. Enquanto um dos pais pensava “O amor ao dinheiro é a causa de todos os problemas”, o outro pensava: “A falta de dinheiro é a causa de todos os problemas”.

Como a maioria dos pais possuem os mesmos sentimentos em relação ao dinheiro que o pai biológico de Robert, eles não ensinam os filhos a investir e contribuem para o anafalbetismo financeiro. É por isso que vemos médicos e advogados bem sucedidos profissionalmente mas em sérios apuros financeiros.

Mas esta não era a única diferença entre os pais dele. O seu pai pobre costuma dizer: “Não posso comprar isso”, ao passo que o outro dizia: “O que posso fazer para comprar isso?”.

Isso mostra uma diferença clara de comportamento e na forma de encarar as coisas. Um já afirmou a sua derrota, a sua limitação. Já o outro, ao criar um questionamento, colocou a sua cabeça para funcionar, refletir, e procurar uma solução para o “problema”.

É essa busca pela solução que fazia com que um se movesse na direção do objetivo enquanto o outro ficava estagnado.

O pai pobre de Robert também tinha a característica de achar que merecia certos benefícios ou direitos (dissídio, previdência, etc) por ter sido um bom empregado. Ele acreditava em direitos adiquiridos por ter sido um bom funcionário e dedicado grande parte de sua vida ao governo. Ele esperava que alguém cuidasse dele.

Já o outro pai acreditava na independência financeira e na auto-suficiência. Acreditava que você deveria ganhar pelos seus resultados. Agora!

Uma outra coisa que o autor teve o privilégio de aprender com o seu pai rico, foi elaborar planejamentos financeiros e estratégicos ao invés de elaborar currículos. Foi muito mais proveitoso para ele, já que é bem mais rentável comprar e fundar empresas do que trabalhar nelas.

Analisando estes 30 anos de convivência com seus pais, o autor disse ter chegado a seis lições básicas. São estas seis lições que dão continuidade ao livro e que colocarei aqui nos próximos resumos.

***

Gostaria de chamar a atenção para o fato de que muito do que o autor diz no primeiro capítulo tem relação com o que T. Harv Eker diz no livro das mentes milionárias.

O primeiro passo está em mudar a sua forma de pensar e de encarar as coisas. Isso faz toda a diferença!

Afinal, segundo Harv, é o seu pensamento que leva ao sentimento, que leva às ações, que por fim produzem resultados.

E você? Como fará para realizar os seus objetivos?

Clique aqui e compare os preços deste livro

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: