Para inglês ver

Ontem fui ao shopping D, na zona norte, buscar uma roupa que meu irmão havia comprado. Como fomos por volta das 18hs o estacionamento do shopping estava lotado e tivemos que procurar vagas no último piso.

Chegando lá, fiquei uns 3 minutos parado atrás e um outro carro que esperava uma vaga bem em frente à entrada para o shopping desocupar. Uma vaga perfeita, realmente.

Quando a vaga desocupou e ele foi estacionar percebi que a vaga estava marcada como vaga para idosos. Me dirigi ao segurança que estava em frente ao local onde ele estava estacionando e quando ia questioná-lo sobre o assunto ele já foi logo dizendo: “Tem uma vaga ali, à direita”.

Para meu espanto, quando olho, é uma outra vaga para idosos! Olho bem para ele e pergunto: “Mas não é uma vaga para idosos?”. Eis que ele me responde: “Como hoje está lotado pode parar”. Saí indginado e fui procurar outra vaga, que acabei encontrando poucos metros à frente.

Fiquei pensando sobre o paradoxo do que o cara me disse. Como o shopping está lotado os idosos e deficientes perdem o direito às suas vagas? Logo quando elas seriam realmente necessárias?

Acontece que as vagas já eram em frente à entrada justamente para os casos das pessoas com maior dificuldade de locomoção, e elas podem ir ao shopping em qualquer horário, exatamente como eu e você.

Eu achava que isso era uma demonstração de cidadania por parte dos shoppings, mas agora já imagino que eles só devem fazer isso pois deve haver alguma lei obrigando! E o pior é que além de não demonstrarem respeito pelos idosos e deficientes devem estar infringindo a lei.

Lamentável.

3 Respostas to “Para inglês ver”

  1. dkamakura Says:

    Isso é muito triste.
    Às vezes eu me pergunto: Qual a diferença entre nós, que procuramos agir da melhor forma, e caso agimos errado paramos para refletir sobre a situação e os outros que agem sempre com a intenção de tirar algum proveito, independente de afetar ou não outras pessoas e que não estão nem aí para melhorar?
    Será da natureza humana agir dessa forma?
    Ainda bem que existem pessoas conscientes como você!🙂
    []’s

  2. mtoledo Says:

    Estava refletindo à esse respeito também recentemente. Esse é um post muito bom, e um tópico muito importante.

    Também recebi recentemente um email com oportunidade de trabalho para pessoas deficientes. Ele era todo alegrinho: “Estamos procurando por pessoas com deficiências para entrar no nosso time, e mostrar os exemplos de superação, etc etc”. Mas aí eu poderia perguntar: “Por acaso, sua empresa já preencheu a porcentagem de funcionários com debilidade exigido por lei, e você está procurando ainda mais empregados?”.. a resposta provável vocês sabem qual é.

    No fundo, fiquei pensando sobre como o egoísmo, de uma forma geral, mina o bem estar social, até mesmo nas pequenas coisas, quanto mais em coisas importantes como as vagas para deficientes.

    Como dizia a plaquinha na frente da vaga: “Vaga reservada para deficientes físicos. Às vezes ocupada também por deficientes mentais.” Sem, de forma alguma, diminuir as pessoas com deficiência mental, que ao menos tem caráter.

    E a pergunta: Existe uma forma de resolver isso? Existe uma forma de você mudar a vida de uma pessoa, aquela pessoa que parou na vaga, para que ela nunca mais faça isso novamente?

  3. bsideias Says:

    Eu acredito na mudança desses atos na sociedade, mas no futuro. Mudando os filhos dos “deficientes mentais” até englobar toda a sociedade podemos superar.
    Gustavo.Faria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: